Qual é a diferença entre Mestrado e Doutorado?

Depois de concluir a graduação, muitos estudantes querem continuar na área acadêmica, realizar pesquisas e ser docentes em universidades. Para essas pessoas, nada mais indicado do que realizar um curso de pós-graduação stricto sensu – os mestrados e doutorados. E não somente para quem quer continuar na academia servem esses cursos, já que um título de mestrado ou doutorado no currículo é um grande diferencial na hora de conseguir melhores cargos profissionais e salários maiores.

Apesar de tanto o mestrado quanto o doutorado serem pós-graduações stricto sensu, eles são categorias diferentes de formação e são bem diferentes.

Mestrado

Com duração média de dois anos, o mestrado é o primeiro passo para quem quer continuar os estudos acadêmicos. Menos aprofundado que um doutorado, o estudante precisa entregar, ao final, uma dissertação com os resultados da pesquisa realizada ao longo do curso. O trabalho apresentado não precisa ser fruto de uma pesquisa inédita.

Ao longo do curso, o aluno deve participar de disciplinas obrigatórias, porém, a maior parte da carga horária de um mestrado provém de pesquisas, revisões bibliográficas e a escrita da dissertação.

Também existem os mestrados profissionais, que tem como principal alvo a aplicação do conhecimento teórico e científico ao mercado de trabalho. A decisão de qual é melhor para você depende do seu perfil e das suas intenções para o futuro.

Em geral, cursar um mestrado é indicado a quem pretende continuar na vida acadêmica depois de uma graduação ou pós-graduação latu sensu, ou a pessoas que estão em busca de melhores oportunidades no mercado de trabalho.

Leia mais sobre mestrados aqui.

Doutorado

Um curso de doutorado dura entre quatro e cinco anos, e é mais aprofundado do que um mestrado. Ir em busca do título de doutor costuma ser o passo natural para quem já possui um mestrado e pretende continuar na vida acadêmica.

Além de precisar participar de aulas obrigatórias, um estudante de doutorado deve se dedicar a pesquisas e apresentar, ao final, uma tese inédita que contribua para o avanço do conhecimento na área pesquisada.

Não é obrigatório ter um título de mestre para ingressar em um doutorado, mas é altamente recomendado e dificilmente as universidades aceitam estudantes que já não tenham cursado um mestrado.

Assim como no mestrado, também existem os doutorados profissionais, voltados à área profissional e recomendado a quem não pretende seguir os estudos acadêmicos.

Para mais informações sobre cursos de doutorado, clique aqui.

Qual escolher?

Apesar de tanto o mestrado quanto o doutorado serem pós-graduações stricto sensu, eles representam fases muito diferentes de uma carreira. O mestrado é indicado para estudantes mais jovens e que ainda estão começando a sua carreira acadêmica ou profissional, enquanto que o doutorado exige mais experiência. Como já dito anteriormente, tudo depende das suas intenções para o futuro, nada impede que você tente começar já com um doutorado, mas o caminho natural é passar antes pelo mestrado.